VMB 2010 – Justin Biba é Webhit

18 de setembro de 2010
Nando Pax

É muito bom ganhar um prêmio, meu primeiro prêmio (!!!), ainda mais um como o VMB, um evento respeitado, promovido pela MTV com 15 anos de história e muitos ídolos que me inspiram na platéia.

Foram muitos fatores que ajudaram a construir essa audiência para o @GaloFrito, que nos deu o prêmio de WebHit do ano com a paródia Justin Biba, que já é um dos 100 vídeos mais assistidos do YouTube no Brasil.

Desde quando terminou a gravação eu sabia do potencial da produção e acreditei muito que chegariamos lá.

O sucesso da campanha se deve, principalmente, aos quase 12 milhões de acessos em pouco mais de 3 meses, lançamento no G1 (Via @GustavoMiller) e no Blog Não Salvo, uma temporada inteira do vlog “Pathy que te pariu” pedindo votos, juntamente com “tuitadas” ocasionais de @lapena, entre outros que somam quase 1 milhão de seguidores.

Assista a premiação:

Logo depois daquele momento inesquecível, fomos para a Área VIP onde haviam celebridades para todos os lados.

Mas uma coisa martelava minha mente. Não pude deixar de sentir um gostinho de derrota, por ser lembrado apenas pela mixagem e por não ter levado o prêmio com o Cala Boca Galvão, que foi um marco na história da copa e também merecia o prêmio.

De qualquer forma, foi um momento de muita emoção, tanta emoção, que a única coisa que consegui dizer foi: “PORRA”. Só por isso que entendo o porque do @Mederi ter me agradecido apenas por ter “ajudado na mixagem”.

É… só eu sei as horas que levaram para que ele cantasse a música e para que eu fizesse as alterações importantes na letra… o trabalho que deu para fazer os backing vocals e para escrever a parte cantada pelo Hélio de La Peña, recitada durante a premiação, que não existia na paródia. Depois de tudo, também lembro das mais de 30 horas para afinar a voz e mixar 8 versões até a versão final.

Confesso que fiquei muito chateado, não por ter perdido, mas por não ter levado nem a estátua pra casa do prêmio que ganhei, nenhum centavo pelo trabalho que fiz, nem o reconhecimento pelo meu envolvimento com o processo. Mas, o que me deu mais raiva foi ser trollado pelo @IanBlack, que foi ovacionado no Twitter por ter invadido o palco e participado da premiação, como se fosse um dos responsáveis. Sem comentários…

Quem me conhece sabe do amor e entusiamo com que trabalho. Não são esses acontecimentos “bizarros” e a falta de reconhecimento, que me farão ser diferente. Continuarei sendo altruista e trabalhando silenciosamente, valorizando parcerias, sem medo de reconhecer e agradecer quem quer que seja que tenha contribuido.

Muito obrigado @Mederi, @Alelou, @Lapena, @NaoSalvo, @PathydosReis, @GustavoMiller e a todos que votaram…

Até o próximo prêmio.
@NandoPax

4 Comments

  1. Hallo
    Toller Blog, aber leider sehe ich nur die hälfte.Ist Euch das bekannt?
    Liegt das an meinem Safari?

    Gruß aus Mannheim

  2. Nando,

    Voce merece muitos outros premios pelo seu trabalho, como compositor, artista, humorista, marketeiro , e dono de uma criatividade enorme. No pouco tempo que conversamos no dia do papo com a ANDA. Alem de tudo tem uma vontade enorme de ajudar as pessoas sem vem o que vai receber em troca.

    Seu trabalho em si merecia um premio no VMB so pra voce e com certeza em outros premios que existem para area de marketing com suas ideias virais.

    PARABENS !!!! e nao fique triste pois o que importa e’ voce saber que a criatividade ninguém tira de voce….. e voce sabe quais sao suas criações.

    Abracos

    Ah !!! Adorei a parodia do Dia dos Namorados !!!! muito boa… essa levaria facil premio VMB.

  3. cara eu reconheço o seu trabalho porque eu sei o quanto é dificil mixar músicas e demora bastante.

  4. Olá Nando,

    Caramba, então você estava envolvido nos dois webhitis indicados ao VMB. Lógico que assistio aos dois, mas te confesso que não achei justo com o CALABOCA. Ele não estaria na mesma categoria do JUSTINBIBA, que é uma paródia. O CALABOCA fez história na internet, alçou visibilidade global, virou trend topic worldwide, foi matéria no El País, The Tmes e sabe se mais aonde, porque ai fica dificil ter controle. No Brasil até a Globo aderiu e divulgou. Até o Galvão.

    Merecia uma menção honrosa, que eu espero alguma outra premiação voltada para internet lembre-se de fazê-lo.

    Nos EUA tem a Venetian Princess que produz paródias, como esta aqui da Lady Gaga que é mais assistida que o clipe original http://www.youtube.com/watch?v=h47fNaOb-JU

    Outro grupo que gosta de produzir paródias as mais variadas possíveis
    http://www.take180.com/spoofaloo

    Abraços,
    Ricardo Frugoli – BH

Deixe uma resposta

Required fields are marked *