A voz não pode calar

5 de dezembro de 2009
Nando Pax

Lembro, que foi uma composição relâmpago, pois o tema não saia da minha cabeça. Vivia o conflito entre viver de música e ter um emprego comum. Demonstra um pouco da minha rebeldia em ritmo de blues.

Mesmo com a virada do milênio e até os dias de hoje, existe preconceito contra os músicos, que acabam vivendo as margens da sociedade, junto com os outros artistas. Temos que ter muita coragem para lutar pelos nossos sonhos, ignorar todas as pessoas que nos desencorajam para seguir em frente e principalmente não aceitar o que o sistema impõe a você.

Ficaria excelente na interpretação do Cazuza. Ainda não gravei, mas assim que o fizer, posto aqui para vocês.

Como ficaria na sua interpretação?

Até a próxima composição.
Nando Pax

A VOZ NÃO PODE CALAR
INTRO: Dm# F#/A# Gm#7 C#7/4 C#7 C#7/9

[PARTE I
Dm#          F#/A#          Gm#7       C#7/4 C#7 C#7/9
Até quanto é bom estar, as margens da sociedade?
Dm#          F#/A#  Gm#7       C#7/4 C#7 C#7/9
É pecado aceitar,   toda essa maldade.
B9            F#7
Imposta a mim, 
               B9
eu não vou ter que engolir.
        Bb9
Nem que tenha que lutar


[REFRÃO
   Dm#  F#/A# Gm#7 E    C#7  2X (C#7/4 C#7 C#7/9)
A voz   não   pode ca---lar...
   Dm# F#/A#   Gm#7   E  C#7  2x (C#7/4 C#7 C#7/9)
O Show tem que con-ti-nu-ar...


[PARTE II
Dm#        F#/A# Gm#7       C#7/4 C#7 C#7/9
Tanta injustiça, ladrão é igual a polícia
Dm#          F#/A#   Gm#7       C#7/4 C#7 C#7/9
Desigualdade social, pobreza, miséria é normal
B9            F#7
Os meus olhos,   eles não vão fechar.
B9 Bb9
       Nem que tenha que lutar

[REFRÃO
[REPETE INTRO


[PARTE III
Dm#        F#/A# Gm#7            C#7/4 C#7 C#7/9
O amor e o ódio, se separam mais são só um mundo
Dm#           F#/A#  Gm#7            C#7/4 C#7 C#7/9
Na vida de um homem, quando vale um segundo?
B9               F#7
Que não dá pra voltar, trilhas são tortas, mas...
B9 Bb9
       Nem que tenha que lutar

[REFRÃO
[REPETE INTRO

Quer gravar esta música? Envie um e-mail para [email protected] ou comente deixando seus contatos.

Deixe uma resposta

Required fields are marked *